A gagueira pode ser causada por um defeito genético, diz uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Surdez e Outros Distúrbios de Comunicação (NICD). Esta deficiência estaria ligada a três genes que atuam no cérebro das pessoas que gaguejam.

Segundo a pesquisa, as pessoas que gaguejam possuem dois genes chamados GNTAB e GNPTG que sofreram mutações e acabam causando o distúrbio da fala. O terceiro gene ainda não foi identificado, mas está presente entre aqueles que possuem gagueira e ligado aos outros dois.

Estes genes possuem uma substância que pode trazer problemas de desenvolvimento no cérebro, coração e fígado, entre outras partes do corpo. Porém, diz a pesquisa, raramente acontece, pois é preciso ter duas cópias de um gene defeituoso para que haja outros tipos de complicações que não sejam relacionados à gagueira, já que os voluntários gagos que participaram da pesquisa possuiam apenas uma cópia da mutação. O NICD ainda diz que mesmo com a gagueira, a proteína ainda é produzida, mas não como deveria. Nas doenças relacionadas aos genes, ela não é produzida.

A partir de agora, a pesquisa caminhará para descobrir se uma terapia de reposição poderia substituir os genes corrompidos, o que melhoraria o tratamento da gagueira.

Para maiores detalhes, acesse: http://www.nidcd.nih.gov/news/releases/10/02_10_10


São Paulo - SP
27 de fevereiro, das 10h às 13h30min
Rua Cerro Corá, 2101
Informações e confirmação: apoio@abragagueira.org.br

Recife – PE
27 de fevereiro, das 14h às 17h
Rua do Príncipe, 328
Informações e confirmação: mauriciolnjr@bol.com.br

Vila Velha – ES
13 de Março
Praça Duque de Caxias, s/n – Centro
Informações e confirmação: isabelroquefono@yahoo.com.br


Continuem colaborando no Fórum Online da ABRA Gagueira com perguntas, sugestões e também opine em assuntos já existentes.